Skip to content
Início seta Notícias seta Dia Mundial do Coração 2011
Dia Mundial do Coração 2011 Imprimir e-mail
29-Sep-2011
Sob o lema “UM MUNDO, UM LAR, UM CORAÇÃO”, a Fundação Portuguesa de Cardiologia assinala o Dia Mundial do Coração 2011. A fundação sugere um conjunto de medidas para tornar a vida dos portugueses mais saudável.


Mais de 7% de todas as emergências cardíacas e respiratórias ocorrem em casa, quando pelo menos um membro da família está presente e disponível para ajudar a vítima. em cada ano, 17,1 milhões de vidas são ceifadas em todo o mundo pelas doenças cardiovasculares. Em Portugal, as doenças cardiovasculares são responsáveis por cerca de 40% dos óbitos.

Este ano para comemorar o Dia Mundial do Coração (29 de Setembro) a Fundação Portuguesa de Cardiologia desafia os portugueses a tomar conta da saúde do coração da sua família e a tornarem-se em casa, defensores de hábitos de vida mais saudáveis para o coração.


O que fazer:

A Fundação Portuguesa de Cardiologia identifica as mudanças diárias que podem diminuir a prevalência das doenças cardiovasculares:
1. Deixar de Fumar em casa, e sempre que alguém se lembre de fumar, nada como atribuir-lhe uma tarefa doméstica;

2. Prepare o seu almoço em casa, por forma a assegurar que as opções no trabalho ou em casa, são sempre saudáveis;

3. Certificado que o jantar inclui, pelo menos, 2 ou 3 doses de vegetais por pessoa;

4. As familias devem de reduzir para duas horas por dia o tempo que passa em frente a televisão;

5. é fundamental organizar actividades ao ar livre, envolvendo toda a família, como por exemplo, jogar à bola ou andar de bicicleta;

6. Sempre que possível, deixe o carro e faça o percurso a pé;

7. Conheça os seus números cardiovasculares, isto é, consulte o seu médico ou outro profissional de saúde que possa medir o colesterol, tensão arterial e glicose;
Para além de aprender e executar e executar estas medidas simples, a Fundação Portuguesa de Cardiologia considera também fundamental que os portugueses reconheçam os sinais e os sintomas de um ataque cardíaco e de um acidente vascular cerebral (AVC). Se suspeitar de um membro da família está a ter um ataque cardíaco ou um AVC, procure de imediato o apoio médico.


Alguns sinais de aviso do Ataque Cardíaco


* Mal-estar no peito, incluindo sensação de compressão ou dor no meio do peito, por de trás do esterno;

* Mal-estar e/ou dor que alastra a outras áreas da parte de cima do corpo, como um ou ambos os braços, as costas, o pescoço, o maxilar ou o estômago;

* Falta de ar, com ou sem mal-estar no peito;

* Outros sinais incluem fraqueza ou fadiga inexplicáveis, ansiedade ou nervosismo pouco habitual, indigestão ou dor como se tivesse gases ou suor frios súbitos, náuseas, vómitos, tonturas ou colapso;
Alguns sinais de aviso de Acidente Vascular Cerebral:

* Fraqueza súbita da face, dos braços ou das pernas, a maior parte das vezes apenas de um dos lados do corpo;

* Confusão súbita, dificuldade em falar ou compreender;

* Dificuldade súbita em ver de um ou ambos os olhos;

* Cefaleia forte, súbita, sem qualquer causa conhecida.



Fonte: Fundação Portuguesa de Cardiologia