Skip to content
Início seta Notícias seta "Braga na vanguarda da saúde nacional"
"Braga na vanguarda da saúde nacional" Imprimir e-mail
27-Mar-2009
Artigo sobre Reabilitação Cardíaca publicado no jornal “Correio do Minho” de 27 de Março de 2009.


No início do presente mês, a Sociedade Portuguesa de Cardiologia divulgou os resultados de um inquérito realizado no nosso país em 2007, subordinado ao tema “O Panorama da Reabilitação Cardíaca (RC)em Portugal”. Entre outros números, o referido inquérito permitiu perceber que “apenas 3% dos doentes com enfarte do miocárdio efectuaram reabilitação cardíaca”. Tratam-se de valores muito reduzidos quando comparados com os restantes países Europeus (43%) ou com os EUA, concluíram os autores do inquérito.

Estes números não deixam de ser preocupantes se tivermos em conta que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em Portugal: só no ano de 2007, verificou-se o internamento de 12 000 doentes com enfartes do miocárdio, dos quais 10,9% resultaram em óbitos. Por outro lado, existe um consenso junto da comunidade científica em relação à eficácia dos programas de RC como forma de reduzir a morbilidade e mortalidade em doentes com problemas cardiovasculares, nomeadamente insuficiência cardíaca. Comprovou-se que estes programas reduzem em 50% a probabilidade de novos problemas cardíacos e reduzem a mortalidade cardíaca em 30% nos doentes que frequentam este tipo de programas (European Association for Cardiovascular Prevention & Rehabilitation).

Em Portugal, tal como os números deste estudo indicam, continua a existir uma subutilização deste tipo de tratamentos. Na tentativa de explicar estes valores, os autores do estudo aponta várias razões entre as quais a falta de centros de Reabilitação Cardíaca e a sua deficiente distribuição geográfica. De facto, em 2007 existiam apenas 16 centros distribuídos pelas regiões do Porto e Lisboa.

Image Infelizmente, este tipo de cenários já vem sendo habitual, ou seja, os melhores serviços encontram-se concentrados unicamente nas cidades do Porto e Lisboa. A boa notícia para a população do Minho é que recentemente entrou em funcionamento um centro de Reabilitação Cardíaca em Braga – Fisiocárdia - localizada junto à Universidade do Minho (Campus Gualtar) e conta com especialistas da área. Trata-se de uma mais valia para a região principalmente porque permite que os doentes cardíacos possam submeter-se a um plano de recuperação direccionado ao seu problema e assim evitar problemas recorrentes no futuro. Informações sobre a Reabilitação Cardíaca podem ser obtidos na internet em www.fisiocardia.com ou através do telefone 253 287455.

Braga merece serviços de saúde de elevado nível. É com estes exemplos que colocamos a nossa cidade no mapa do melhor que se faz em Portugal pela Saúde.